<$BlogRSDUrl$>

Vareta Funda

O blog dos orizicultores do Concelho de Manteigas


quarta-feira, novembro 03, 2004

MALGRANDA HISTORIO AFLIKTITA*
E foi assim que a tristeza chegou. Encavalitada na escuridão do desconhecido. Entrou e assenhorou-se da casa e da dona que estava nua. Passeou-se por lá, triste, o tempo necessário para o nascimento desta história que, já agora, resolveu sê-lo, também. Aproveitando-se do selo da outra, passou para a outra banda que, ao ver que já não tocava marchas como antigamente, entristeceu. Por esta altura já era a tristeza a dona da casa. Com ela colada à pele desnuda, a outra lutava furiosa para se despir. Eis senão quando, soltou-se-lhe um, de entre os inumeráveis gestos bruscos que paria a cada pensamento e zás! Açoitou o frasco das gotas que fugiu mesa abaixo e partiu, manchando a paixão novinha em folha flutuante no rio de gotas onde a tristeza nadava. Nadava e ria, o riso da outra agora com siso. E foi conciso o grito que regougou para a outra: ESTOUNUA! A outra, que já se afogava nela, desengolindo-a berrou-lhe: ESTOUTRISTE!

*Esperanto. Tradução: "Pequena História Triste"


Arrotos do Porco:

Eu só espero que dês notícias mesmo que sejam breves.
Acho que não percebi bem.





<< Voltar ao repasto.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?