<$BlogRSDUrl$>

Vareta Funda

O blog dos orizicultores do Concelho de Manteigas


quarta-feira, setembro 22, 2004

Feromona, quase uma semana depois

Na quinta-feira transacta fui assistir ao concerto dos Feromona, que decorreu no Santiago Alquimista. Depois de quase uma semana, consegui arranjar tempo para reflectir e dedicar-me a escrever umas linhas sobre a banda. Nem sei se eles gostam de ser apelidados de banda, mas é assim que eu os designo. Banda de música, que nada tem a ver com filarmónicas ou outras espécies menores. Sim, porque eles são grandes. Grandes no som, grandes na atitude e grandes nas letras.

Os gajos tocam e têm aquela força de chegar mais longe e de fazer o seu som. Sem falsas pretensões. Tocam por prazer e isso nota-se.

A letra completa a música. Vejam-se os casos do Paquiderme Magrinho ou do vigoroso Mustang. Letras engraçadas, com significado e que preenchem o conceito de rock-zoófilo-urbano.

Mas o instrumental puro não foi excluído, tendo uma evolução que se nota da primeira à última nota. Atentem na música dedicada à vida atribulada de uma cadela, se a memória não me falha.

No próximo concerto podem contar comigo outra vez. É caso para dizer, à laia do Rock in Rio, «Eu vou».

Poderão observar algumas fotos da banda, umas mais recentes e outras mais antigas, no belogue do Z (excelente fotógrafo, já agora).

Arrotos do Porco:

fui o 1º a comentar neste lamaçal fétido....

ah...já me esquecia...

se o Sr. FPM me volta a chamar estúpido eu ponho-o a concorrer nos jogos paralimpicos pois vai ficar sem pernas!



Olá, amigo!
Pelos comentários, até que era capaz de ouvir, quanto mais não fosse para conhecer!
Agora... rock-zoófilo-urbano...não sei o que é!!
Abraço





<< Voltar ao repasto.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?