<$BlogRSDUrl$>

Vareta Funda

O blog dos orizicultores do Concelho de Manteigas


terça-feira, agosto 17, 2004

A língua americana explicada às crianças

Libertação - Acto de invasão de um país soberano para deposição de um governante hostil aos interesses do invasor.

Fraude - A expressão da vontade popular através do voto.


Arrotos do Porco:

Laboraste bem, Fodimendes.

Já mereces o almoço.



ANTES DO SEGUNDO!!!!!


OBM, exemplos desses pululam por muitos mais paises.

"Todos" aceitam decisões desde que as mesmas sejam coincidentes, caso contrario já são más ou facciosas.



Boa posta, Pedruço.

Micro-sintética mas que provoca uma grande reflexão.

Mas repete lá isso mais devagarinho que eu ainda tou com sono, se fizeres o obséquio.



SEGUNDOS, afinal.

Bem, Meniralho, não foi com duas definições que me mataste a saudade que tenho de um dos teus posts de eleição.

Bem sei que dissertar sobre esta recauchutagem da vara era demasiado óbvio e previsível.
Mas penso que se impunha.

Bem aparecido sejas.



UAI!

UAI!

UAI!



Eu não sou o lindinho, como já devem ter reparado.


...e se fossem definir estas coisas...


...para africa...


...subsariana...libertada...sem fraudes...


Olá Menir, um abraço e sabes bem que não há nada a fazer no que ao tema do teu post concerne. Há muitos, muitos anos, perguntaram ao Ford porque é que ele só fazia carros pretos. As pessoas gostavam de ter carros de outras cores. Ele respondeu que podiam comprar carros de qualquer cor, desde que fossesm pretos!

Por isso, está tudo na mesma, aquelas cabeças foram amaldiçoadas por terem feito aos índios aquilo que agora dizem (nos filmes e não só) que os índios lhes faziam a eles. Puta que os pariu!

Vamos desopilar agora! Agarrem no livro que tiverem à mão, abram-no na página 14 e transcrevam para aqui o primeiro parágrafo completo que lá estiver. Não se esqueçam de referir o livro e o autor! É para a minha base de dados, compreendem?!

Ao menos assim não há lamúrias por alguns momentos, salvo o lindinho que anda a lamuriar-se por feitio!

Boa tarde!

PS: Não vou ter vagar para vos fazer companhia, logo vejo o que vocês fizeram à noite. E um abraço, ouviste Menir???



É o livro que está mais á mão, g2.

It is a requirement that space for live animals is requested and confirmed for the journey before the animal is offered for shipping.Live animals regulations.

Autor desconhecido.



O porquinho agarrado ao rato já é uma realidade.
O resto virá por acréscimo.

E eu não sou o lindinho. Sou o lindinho.

UAI!



Realmente, o que é que faz uma porca agarrada ao meu ponteiro?

Eu não a pedi. Mas é bem vinda.



Fahrenheit 9/11, aconselho a todos.
É bom ter-te de volta, Menir Calém. Bom a sério.
Boa tarde a todos.



Não é bem vinda. É Benvinda.

Benvinda Aparecida.


UAI!



Boas tardes, Nuíta.

Sejas bem aparecida.

Ou será que o lindona quer corrigir para Bemaparecida?

Bemaparecida Vinda.



Alguém já viu o documentário do Michael Moore?

estounua, NossaSenhoradaAparecida



Porque me ostracizas, chOURIÇO?
Serei eu filho de um Deus menor? de um Ré maior?
Eu? sim eu.
Eu que, quando choro,
não choro eu.
Chora aquilo que nos homens
em todo o tempo sofreu.
As lágrimas são as minhas
mas o choro não é meu.



Ainda não. Mas tá nos meus planos.

Para breve, para breve.



Tenho que almoçar. Ai tenho, tenho.

Para breve, para muito breve.



Eu disse que era para breve. Almoçar, claro. Não é ir ver o documentário parcial dirigido pelo Michael Moore. Isso fica para breve mas para um breve mais extenso.

Tou a sair.

Até logo.



Como é que alguém que tem faz fraude nas próprias eleições não reconhece os resultados de um Referendo em país alheio?


É que umas eleições são democráticas. O referendo não é.


não percebi...a democracia americana é das coisas mais lindas que eu já vi, nomedamente a usurpação da liberdade em nome da igualdade é algo de fabuloso!


Sem comentários...

Bom ter-te de volta, velhadas!



Não.
Definitivamente, não...



cordo contigo, Papa. Não, não há pachorra para aturar os filhos da mãe dos americanos! Tens toda a razão.


Boa tarde.

Papa, esse teu comento é em relação a um outro que fizeste no post da estounua?
Tirando um ponto ou outro, estou de acordo com a tua explicação e o exemplo que deste encaixa na perfeição.
Talvez seja tudo uma questão de hábito.



De facto não, querida Nuíta.

Sim, caro Dorido.



Abraços à Vara.



Olá Jorge Quelito!...
Tou Contigo pá!...
Também tou com o Chouras e com o Papa...
Isto não vai ser a mesma coisa...
Volta Quelito!...
Tu és a alma do belogue, pá!...



Mas que grande foda!...
Já qualquer pintelho me clona!...
Assim vou começar a distribuir salsicha por todos...
Esperem por mim!...



Bós sois uma inspiração!...

Volta quelito!...



Bós sois uma inspiração!...

Volta quelito!...



Quelito, amigo, o povo está contigo!...


...E portanto, só o Dói-Dói na Cabecinha é que respondeu ao meu repto lançado na tentativa de distrair os dignos comentadores, de os fazer pensar em algo mais que mariquices!

Debalde...

Claro que fizeram bem em definir as "americanices" e outras que tais, mas enfim, isso é chover no molhado. Por exmplo, vocês repararam que, depois do "sucesso" que foi a convenção dos Republicanos, a administração americana ter vindo logo com mais alertas coloridos por causa dos terrorismos?!

E pronto, vou continuar com os meus bulires, não são antes dizer ao lindinho para se definir: se é panão, ou se é panão!

Boa tarde a todos e a todas.

:)



Quelito à presidência!...


ena!...


Quelito, pá!...


O lindinho clone é fixe...
o g2 é panilhas...



Este comentário foi removido por um administrador do blogue.


Já foderam esta merda...




<< Voltar ao repasto.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?