<$BlogRSDUrl$>

Vareta Funda

O blog dos orizicultores do Concelho de Manteigas


segunda-feira, outubro 04, 2004

DIA MUNDIAL DE ARQUITECTURA


Parece-me que ainda hoje comecei o meu percurso profissional!
Em consequência de uns piropos à beira de uma mesa de café, e quando tinha 6 anos, decidi que "quando fosse grande", seria um daqueles senhores que faziam as casas! Até aquela altura não tinha bem a noção, em qual das fases da construção eu gostaria de participar, mas à medida que ia crescendo ia-me apercebendo que não gostava muito de intervir na execução da obra propriamente dita, mas sim naquela primeira em que se decide "como e com que contornos, é que a obra irá ficar!".
No fundo, aliada a alguma capacidade de desenho que possuía, eu gostava era de criar..criar o que quer que fosse! Eram casas, mas também eram carros, histórias, objectos, instrumentos musicais, arcos e flechas, etc... para poder dar vazão ao meu constante e inesgotável fluxo de ideias que surgiam, já naquela altura, na minha imaginação ( ou lá o que é isso! ).
A história da minha realidade vivia sempre à custa da ficção! Ficção essa assente em pilares e vigas muito sólidas, e que só raramente, faziam com que essas histórias se transformassem em pesadelos! No fundo...a arquitectura da minha infância nunca se desmoronou, e por esse motivo, posso reafirmar que fui uma criança ainda mais feliz!
Ouvi há tempos, alguém a dizer que:
"Uma criança que não faça histórias não é uma criança feliz!". Não sei se é para levar à letra, palavra por palavra...mas é um facto que a minha infância coincide com a negação dessa expressão!
A imaginação também cresce, e desde que constantemente requisitada por todos os nossos sentidos, pode-se tornar numa das maiores armas que o ser humano possui!
Eu tenho a sorte dela ser a minha ferramenta de trabalho! Preciso de outras, claro está...mas sem essa habilitação, ou antes, essa capacidade de poder desenvolver ideias concretas, e dá-las a concretizar posteriomente...aquilo que faço deixa de ter sentido e utilidade.
Vivo de imagens! Muitas imagens...muito mais que palavras ou sons, ou cheiros!
Vivo de imagens de sons e de cheiros, de imagens tácteis, e de imagens de imagens...que depois, consciente ou inconscientemente "boto" para o papel ( ou para computador, e depois para o papel ). Dou um jeito às linhas, meto umas mais tortas que outras, e faço uns esquemas de associações mentais, para no fundo, gerarem um fundo de coesão na "coisa"! E para ficar também com um aspecto credível e inteligível para o comum dos mortais.
No final, e depois de muitas pessoas estarem envolvidas naquelas coisas que eu penso e imagino, há umas quantas outras que vão viver ou usufruir dos espaços que crio. Talvez quem sabe, um dia, nesses mesmos espaços, poderem criar e imaginar umas tantas outras coisas...
No fundo, e depois de passados alguns anos, dou razão a um professor meu, que com uma aparente leviandade proferiu que: "A Arquitectura é tudo!"
Talvez hoje lhe dê razão...a arquitectura é tudo aquilo em que o homem interfere! Mal ou bem, gosto de pensar que estou intimamente ligado à vida de muitas pessoas com quem contacto, e muitas outras que nunca vi.
Ao criar um espaço - uma casa por exemplo -, ele vai ser vivido por alguém, que depois convida uns amigos paralá irem, e que depois nem-gostaram-da-casa, e que por isso vão-fazer-uma-outra-bem-diferente, num outro terreno, com outros vizinhos, que depois até iremos gostar, e vamos convidar para serem padrinhos da nossa filha..etc etc
Pequenas coisas que ficam na nossa imaginação, mas que consciente ou inconscientemente nos levam a tomar certas opções...importantes ou não! Mas que podem interferir...e interferem!
Se acham que interferem, também pensarão então, porque raio precisamos nós de corporativizar um dia Mundial de Arquitectura, sendo ela tudo? Qual o sentido de um dia Mundial de Tudo?
Porque, infelizmente, e numa altura em que "tudo" significa muito pouco ainda para muitos, precisamos de cada vez mais acreditar que temos esse condão e porque não dizer, essa habilitação para poder mudar - positivamente - a vida das pessoas!
Agora...se querem ou não, se pretendem que isso seja dado a quem sabe da "poda", já não parte só de mim! Só estou a alertar que hoje é um dia importante para mim... Se o é ou não para vocês, já depende do vosso grau de exigência daquilo que é determinante para a vossa qualidade de vida...
Por fim, quero dizer que a Casa de Chá do Siza, em Leça - Porto, foi um local "muito bem escolhido" para o convívio fora de horas de alguns membros aqui do Porco, no último fim-de-semana! Fiquei triste por não poder ter partilhado depois, o espaço com vocês, mas imperativos profissionais, falaram mais alto...
Evito-me a falar de obras de outras pessoas, mas sinceramente, colocar no papel isto...



...e erguer das rochas algo que sensibiliza qualquer ser humano, por mais que rude que seja, só pode advir de alguém que, inapelavelmente, faz com que este dia tenha ainda mais sentido no nosso contexto nacional!

P.s. - Há aí um qualquer pedido para 35.000 assinaturas, para mais uma vez se discutir na Assembleia, o tal decreto de lei 73/73 ( setenta e três é o ano do decreto...entenda-se! ). No fundo, a maior piada que eu acho a isto tudo, é nós ainda termos de arranjar as 35.000 assinaturas para podermos fazer com que este assunto seja discutido! Eu vou arranjar as minhas...haja papel!

Arrotos do Porco:

Eu já me tinha lembrado de ti lá no outro lado, mas parece que o que eu digo hoje, não se escreve...ou melhor não fica escrito :-(


Porque é que eu não vejo nada? Hã?


Parabéns pelo dia. só gostava de dizer que a arquitectura é importante mas não é tudo. existem outras coisas importantes que influenciam a nossa vida, outras coisas que se criam. A arte, o design, a literatura por exemplo. Eu também crio, mas não digo que o Design é tudo.


Parabéns pelo dia. só gostava de dizer que a arquitectura é importante mas não é tudo. existem outras coisas importantes que influenciam a nossa vida, outras coisas que se criam. A arte, o design, a literatura por exemplo. Eu também crio, mas não digo que o Design é tudo.




<< Voltar ao repasto.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?