<$BlogRSDUrl$>

Vareta Funda

O blog dos orizicultores do Concelho de Manteigas


quinta-feira, setembro 09, 2004

A SUSCEPTIBILIDADE


Ultimamente ando até com medo de ligar a televisão!

Gosto de me manter actualizado, e sou suficientemente curioso ( cusco? ) para querer saber o que se passa á minha volta, necessitando até que o raio dessa distância que compreende o círculo do hemisfério, vá do centro do mundo até aos Pirinéus! Tudo isto para dizer que gosto do noticiário da SIC e da RTP! Não vejo a TVI, porque as notícias dos outros canais e os desastres a que assisto e os "murros" que levo, já são suficientes para a minha conta diária...apesar do meu corpo musculado, refira-se!

Gosto de saber tudo...mas de uma forma controlada!
Antigamente ( e não há tantos anos assim ), o pivot de serviço, quando se preparava para colocar imagens no ar, que poderia "impressionar os mais susceptíveis" ... eu fazia sempre questão de assistir! Era uma espécie de confronto que me prestava, e que tinha como consequências inevitáveis alguns gritos de espanto:

"Só isso?bah..grande coisa! Ainda quero conhecer os tais susceptíveis!"

Porém, ou foi de eu ficar mais velho, ou a televisão passou à banalização da susceptibilidade, assente em guerras de audiência, que colocam de parte barreiras e serviços que antes eram prestadas ao comum dos mortais...susceptíveis ou não!

Pergunto só isto:

- Amontoados de pessoas, sangue no chão, bombas, crianças a chorar, homens encapuçados...não é igualmente susceptível, como um cortar de cabeça de um jornalista no Iraque? Se sim, porque é que as mostraram?

Se não...porque é que não avisaram às almas mais susceptíveis? É que eu, nesse caso, passo para o lado de lá...talvez esteja a ficar velho...e farto!

Arrotos do Porco:

Eu agora, se quizesse, era o primeiro


*quisesse.

Pois tá claro



Mas era só querendo, não?


Hà poucas (muitissimo poucas mesmo) "coisas" que eu não admito pôr em causa.

A integridade das crianças, é uma delas.

E não de lembro de mais nenhuma.

Mimosa, vale pelo registo.



Não sei, não Mimosa. Se a banalização das cenas de violência nos começa a tornar insensíveis ao sofrimnento alheio. Tema interesante o do teu post.


LolaViola, que bem que ficas em "segundo".


Bom dia Austro. Já tinha perguntado por ti.:-)


Pois... como levo mais de 30 segundo a aceder a esta coisa, perdi o meu lugar no pódium.


Que giro!!!


Onde? Quem? Mostra lá o que tás a ver!!!!


S'a gente ler só as palavras vermelhas, fica:

LolaViola Austro.



Estou a fazer um esforço. A tentar ler só as palavras vermelhas...


Isto hoje não me está a sair lá muito bem.



O teu cabelo negro, noutro ombro
O teu rosto colado, noutro rosto
O teu olhar parado, um assombro
Os teus lábios franzidos, um desgosto

Lembrei-me que na vida tudo é breve
Pois os sonhos mal chegam logo vão
Não há bem que o destino nunca leve
Nem sonho que não seja frustação




re-Boa tarde.



Nem há bem que sempre dure, nem mal que não acabe.

(mas que mal que isto me está a sair...)



lá isso é verdade Violas, mas este mal que assola a nossa época está para ficar. E algo me diz que ainda agora a procissão vai no adro.

Boa tarde a todos e a toda.


Mimalho: obrigado pela posta. Estou contigo, panão. Mostraram mais do que era preciso. seja como for, daí a um degolamento de um jornalista, ou de quem for, vai alguma distância. a suficiente para marcar a diferença entre mostrar e não mostrar.

Estou a falar da boca para fora no que ao caso da Ossétia respeita, porque não vi imagens quase nenhumas. As poucas que vi eram tristes e comoveram-me, mas também não vou agora dizer que fossem coisas que não podiam absolutamente ser mostradas. Se calhar - felizmente - perdi as piores imagens.

Seja como for, num caso como este alguma coisa se tem que mostrar. Como disse, não vi quase nada das imagens, mas é evidente que aqui, como em qualquer outra situação de extremos, os jornalistas têm a responsabilidade, o dever e a obrigação de ser parcimoniosos na escolha das imagens.
Disse, foda-se.



Recuso-me a comentar este post. Boa tarde.


O teu caralho negro, noutro ombro, (ups!) no cu do lindinho
O teu colhão esquerdo colado, à face direita do rosto do lindinho
O teu colhão direito, um assombro, diz o lindinho!
Os lábios do lindinho colados à glande negra, força lindinho!

Lembrou-se o lindinho que na vida tudo é breve
30 segundos mal chegam logo vão
Não há bem que o intestino do lindinho nunca leve
Nem caralho negro em 30 segundos no cu do lindinho, que não seja frustação.

O preto está a caminho.





Boa tarde lindinho!



Farto da minha vida displicente e desinteressante, resolvi tomar uma atitute consciente e criar um objectivo de vida construtivo: decidi tornar-me imortal. Até agora, está tudo a correr dentro do previsto.


Acho-o, até, oportuno, como nos habituou o Mimalho, esse roto do caralho, mas ainda tenho as imagens muito presentes...


finO, ahahahahahahahahah!!


Recusa-mos.
Boa tarde para Tuy também.
Vai um Porriño?



Oh meu deus, Tuy, Porriño, La Guardia, Sanxenxo, Vigo, que circuito!


AH! FODISTA!


Partindo aí do Porto é um curto circuito.

Vindos de cá de baixo é mais agreste.

Mas tenho umas saudadonas do caralho de ir à Galiza!



A SUSCEPTIBILIDADE é susceptivel de gerar não susceptiveis a certas e determinadas susceptibilidades. De maneira que, a qualidade de susceptível, aquela disposição especial, física ou moral, para sentir e acusar vivamente qualquer influência externa, (melindre; idiossincrasia) evoluciona-se para uma HIPERSUSCEPTIBILIDADE, para o qual já existem algumas imagens (assassinos de crianças ao vivo e a cores). Mas esta é apenas uma plataforma na evolução desta revolução, "A MEGAHIPEHIPERSUSCEPTIBILIDADE"


Foda-se.

Ó pró blogger armado em conão!



Dass, finO, já meteste outra?!


evoluciona-se???????

será isso um copy paste do Brasil?

EVOLÓI-SSE, caralho!



Ela: Tu amas-me mais do que qualquer outra coisa?
Ele: Amo.
Ela: Paixão, paixão?
Ele: Paixão, paixão mesmo.
Ela: Mais do que tudo no mundo todo?
Ele: No mundo todo e fora dele.
Ela: Não acredito.
Ele: Faz-me um teste.
Ela: Eu ou fios de ovos.
Ele: Tu, de caras.
Ela: Daqueles com calda grossa, que a gente chupa o fio e a calda escorre pelo queixo.
Ele: Prefiro-te a ti.
Ela: Futebol.
Ele: Não tem comparação.
Ela: Tu vais pela rua, aparece uma bola, os miúdos gritam "Passa, pá!", tu dominas, dás dezassete toques e chutas com perfeição.
Ele: Prefiro-te a ti.
Ela: River Plate e F.C.P em Tóquio, taça Intercontinental, passagem e entrada de graça.
Ele: Tu também vais?
Ela: Não.
Ele: Pela televisão vê-se melhor.
Ela: Está muito calor. Depois chove, a seguir abre o sol, seguido de uma brisa fresca com aquele cheiro de terra molhada, e então toca uma musica no rádio e é uma nova do Sérgio Godinho. É Sexta-feira e a televisão anunciou um filme do Almodóvar para aquela noite... e até o governo está a trabalhar como deve ser.
Ele: Tu.
Ela: Voltar à infância só para poder pisar na lama com os pés descalços e sentir a lama fazer «squish» entre os dedos.
Ele: Tu, de longe.
Ela: A Sharon Stone telefona e diz que é ela ou eu.
Ele: Que dúvida. Tu.
Ela: Cheiro de livro novo. Solo de sax alto. Criança distraída. Crepe chinês. Riff de guitarra do Clapton. Lençol recém-lavado. Consulta no dentista cancelada. Letra do Jim Morrison. Filme policial dos anos 50. Puzzle de seis mil peças.
Ele: Tu, tu, tu, tu, tu, tu, tu, tu e tu, respectivamente.
Ela: A Sharon Stone telefona outra vez e diz que se te livrares de mim ela vem já sem cuequinhas.
Ele: Desligo o telefone.
Ela: Fama e fortuna. A explicação do universo e do mercado de pronto-a-vestir feminino, com exclusividade. A vida eterna e um cartão de credito sem limite que nunca expira.
Ele: Prefiro-te a ti.
Ela: Uma cerveja geladinha. A garrafa chega a estalar. No copo, fica com um pouco de espuma firme. O resto é ela, só ela, dizendo "Vem".
Ele: Hummm...
Ela: Como, hummm? Ela ou eu?

.... Silêncio de 5 segundos ...
Ele: Qual é a marca?
Ela: Cretino!



ah


ah


ah

(Pronto, já fiz minha boa acção de hoje, cona!)



EsCUteiro-Mirim.


5 minutios, foi o tempo que demorei a meter um comento e a vê-lo aparecer.

Dasse!!!!



EVOLÓI-SSE, masé para um caralho que ta foda, seu evolucionista evolóido.


O velhinho amanheceu excitado e a velhinha vendo aquilo armado disse:

- Vamos dar uma?

E ele:

- Vamos nada! Eu vou é mostrar aos meus amigos!



Metamorfoseia-te em magistral par de mamas e canta-me uma espanholada qualquer, fin0.


Mas tá bem , se quiseres tira o "evoluciona-se" e mete "transformer" ou apaneleirou-se!


Achégate a mim, Maruxa
chégate ben, moreniña
quérome casar contigo
serás miña mulleriña

Adeus, estrela brilante
compañeiriña da lua
moitas caras teño visto
mais como a tua ningunha

Adeus lubeiriña triste
de espaldas te vou mirando
non sei que me queda dentro
que me despido chorando



O cabrão do porco já só arrota à biqueirada, puta que o pariu!


AHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!


Boa tirada, fininh0, ehehehehe



"Moreniña" tem mamas grandes e todos lhe chamam "Carlita"!


Boa tarde.
Muito se apreende neste blog. E muito se reflexiona...



Reflexiona - Rexona.


Pequena lição de Galego:


A CONA

a
ameixa
antona
antonia
aña

b
becha
berberechiña
berberecho
berbiriquiña
bernardina
bicha
boca do corpo
buseta

c
caralla
castaña
cenzo (O Incio)
cerrecha
chocho
coella
cona
conacha
concha
cónchega conciencia ("caeu espatarrada e víuselle ata a concencia")
conicha
cono
crica
cuncha

f
fachuco
fandango
fanfona
farfasia
farragacho
farrusqueira
fasme rir / faime rir
fecha
fenda
ferradura
figa
fístula
flepo
funuxo g
grecha
grila

m
maría benita
maripepa
mencha
mincha
moucho (cona vista dende atrás, agachada)
ministra

n
nacedoiro*
nacencia*
nación*
natura*
necha
nicha

p
pachocha
pachochiña
palula ("as palulentas non teñen compra, non teñen venta")
pandareta
paparruga papaxornais
papiana
papo
papocha
papola
paporella
papuda
papuxa
parragacha
parranda
parrata
parrocha
parrola
parropia
parrula
parrús
parrusca
patacón
patola
paxara
paxarela
paxareta / paxoreta
paxaroca
perrecha
peseta
pesquedella
perracha pirinocha
pirla
pirucha
pita
pixa
pixarola
profacia

q
quiquiriquiña
quirica

r
recha
regaña
regañeta
rata
reghilla
retambufa

t
tona/tono
tumba

v
vanina
vulva

x
xica

z
zápira



Rexona- Rexina


Pra lavar os dentes!


Calma! Não entrem em pânico! (Está alguém, entre nós, que...



























ULTRAPASSA TRACTORES!!!!



Nesse caso, se a gente disser a C... da ministra galega estamos a ser redundantes! :)


Cona, quê? De coninha?


Xoxota?


Tudo isso quer dizer "cona"! Eh,eh! Tantas!!!
E mamas? (Grandes claro!)



Utrapassamos tractores e a seu tempo havemos de ultrapssar camiões do lixo. Ah pois havemos.


Imagino a tua emoção, Vajaina! Espera, espera só até ultrapassares camiões TIR, e com reboque! Isso é que é uma emoção...


(Lição de galaico português; cont.)
O CARALLO
a aparato/aparello c caralla caralleta cingallo cinguango (traído de África polos mariñeiros) cimiñoco canote canitrote chorra cipote f ferramenta ferrete ferrote fleme g gaita garabatillo grelo grilo i instrumento m mamote maneto mango manuela minga mingalla mingallo ministro miñoca mioca miringalla moca moco n nabo naipe o óso p pao paxaro pepe percebe picha pichola pirinola pin pirindolapiringallo pirola pirulí pirulo/pirolo pisa pispilete pistolo/pistola pito pixa pixarolo pixo pixote (pene, pero tamén persoa inocente, fácil de enganar. Neste significado úsase tamén 'pixoubas') porra porro r rabo rella s sardiña t tarambelo trangallo tolete trapallada (pene + testículos) v verga vergallo verme x xering

Amanhã há mais (mamas inclusive, vai-te babando, fin0), que é para não assimilarem caralhadas a mais num só dia, essa merda ainda faz tilt.

FPM: quando fores a S Xenxo, e se te chamarem roncollo, já sabes: «dise do individuo varón a quen lle falta un collón na súa bolsa escrotal»



Desculpem lá...mas este glossário do Bock indignou-me. Eu até gostava do povo galego, mas depois de saber que ele chamam "regaña" ao orgão genital feminino, todo o encantamento se desvaneció.


Collón? AHAHAHAHAHAHAHAH

Hey, niña, xupá-me el grán collón!!



Ora aí está, bute lá falar da cona da ministra da educação. (Só da cona, tudo o que está à volta não interessa.)


Hey! Arregaça-me essa regaña!


ahaha...

nunca pensei que a expressão "a ministra Manuela Ferreira Leite" pudesse ser tão polissémica.



A cona da Manela tem alguém na tutela?


grande VD, e o ministro!

O Paulo Portas é que havia de ficar todo enchado!

Desculpem lá a lista saiu toda pegada. Foda-se não tenho tempo para melhor.

VD: aditando o FPM: ultrapassar tirs em estradas nacionais daquelas que têm bermas altas e logo a seguir fiadas e fiadas de Eucaliptos. E com buracos na estrada e num dia de vento.
Dá cá uma tesão!
Experimenta e vais ver! :D



A Prof. Doutora Maria do Carmo Félix da Costa Seabra, enquanto dá peidos com cona, caga listas.


Sra.Prof. Dra., Se abra!


FPM, esse Hey com y pareceu-me pouco viril.Toma lá cuidado com isso, pá.


Define viril. (Tás fodida, eheh)


Qual é que é o teu record, boque? Quantos tirs duma vez?


E já sabem, quando forem à galiza não digam com leveza que vos apetece comer uns Percebes, pois poderão ser interpretados com leviandade!


eheheh, nem perguntem a um Galego se a mulher está boa.


E em 3ª via numa estrada de duas, um tir a ultrapassar dois tirs e vens tu a 190 à hora e papas os três pela berma, isso é que dá cá uma tusa!!


Isto tudo, claro, com a Carla a fazer-te um bico.


VD, cara amiga, vais-me desculpar, mas custa-me ver falar assim do po(l)vo Galego, que eu tanto estimo. Senão, vejamos:
antonia
berbiriquiña
bernardina
castaña
fasme rir / faime rir
maría benita
maripepa
ministra
pachochiña
papuda
parrusca
xica

Estas, entre outras, são designações mais que aceitáveis, senão mesmo deleitáveis, para o órgão que te dá o nique!

E se não gostas, vai-te queixar pó Ministro!!!!!

Fin0: uma vez, na recta do cabo, despachei 6 tirs de enfiada. Foi num glorioso 1 de Agosto ás 11.30 da manhã, a caminho do Algarve. Num mehari.








































(Não foi nada, caralho. Eu não faço coisas dessas.)































Foi num Diane!



Malucos!

Eu ultrapassar, ultrapassava, mas a quem é que eu peço para me fazer o bico?!?



Pois é, mimo. Ultimamente, não ligo a televisão ao jantar.

As susceptibilidades não significam nada na competitividade dos media. Por cinco minutos de pico no share, deliram de loucura despudorada.

É um quase estado de glam para-psicadélico.

Para quem conhece, mas vê isto de fora, vislumbra um mundo muito, muito triste.



Pronto, VD, é perigoso, por isso faço eu a ultrapassagem e fazes-me tu o bico...

Quem é amigo?



AHAHAHAAH

Esta Vaginásia é incombustível. Isto é do ministro, quer dizer, do caralho!



"Ameixa" no Porto, também quer dizer "baita foder" ou qualquer coisa do género.


MAs, quem é que se atreve a fugir do assunto?! Quem é o S.I.?


Um gajo a falar de bicos e ultrapassagens e vêem para aqui falar de televisão ou o caralho!


Olá Ginita. Olha a quantidade de niques giros que agora podes usar nos blogues galegos...:-)


"Ameixa", no Porto, é um fruto, ó esgaçador de pessegueiros.


Lola, AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!

Hello, L.A., Lola!



Vocês não vêem que está tudo ligado?

O bico está para o condutor como a imagem sangrenta está para o telespectador.



"ministra dentada"


Havias era de ter visto o chOURIÇO, a entrar em rua de sentido unico ás 5 da matina, (no sentido certo) e depois a ponderar, a 20 metros de um bófia que o observava com ar de curiosidade, se havia ou não de meter marcha atrás porque se tinha enganado na rua, ahahahahahahahahha!!!!!!!!!!!!!
Evidentemente, não prevaricou.
Mas foi por um triz, ahahahahahah!!!!!!!!!!



Eu vou imprimir o glossário do fpm e afixá-lo à porta dos blogues de poesia. O jeitão que aquilo vai dar...


Lola, malandreca ;)


Informa-te lá melhor ó papa tripas, pergunta na Ribeira a uma bendedeira e vais oubir a resposta.


Informa-te lá melhor ó papa tripas, pergunta na Ribeira a uma bendedeira e bais oubir a resposta.


Por acaso, já me fizeram um bico enquanto eu conduzia (e ultrapassava) na recta do Cabo. Não foi experiência que me deixasse recordações especialmente agradáveis, mas os camionistas que se cruzavam comigo aparentavam algum contentamento.


Esse chouriço e a marcha-atrás... Não há maneira de perder o vício...


Só não me lembro é se o Vareta, que ia à freente, lhe estava ou não a fazer um bico...


Deixa lá, Menir, nós também somos uns grandes mentirosos...

E eu, uma vez, deixei uma canibal fazer-me um bico, só que lhe dei de lanchar 1º...



E sabem qual foi o lanche dela, por sinal bastante frugal? Convenci o lindinho que estava ali uma gaja que fazia altos bicos...


Ai foi, Bock, imagino o Vareta a dizer "atrás não! atrás não!"...


Foda-se, Lola, o glossário é meu. que queiras ter uma perna aqui ao pé de mim e outra no Porto ao pé do FPM para interagirmos todos´é uma coisa a ponderar, agora, não nos confundas! :D

A mim também já me fizeram um bico enquanto conduzia, mas encostei logo à direita. Passei de 140 para 40km/H... e guardo belas recordações desse momento.



Menir, e chupava bem, o camionista?


O vosso imaginário masculino é muto fértil não é? Eu diria mais... subliminarmente subliminar.

Essa dos bicos nas autoestradas é demais.


E se se fura um pneu? Já pensaram no perigo, já???

Inconscientes... (o que vos vale é que sois subliminares...)



Pois a mim, a melhor coisinha que me fizeram no carro, em andamento, foi um Polícia que mandou seguir, numa operação stop. Com a cardina que ia, acho que ia preso, foda-se!


Lola, as gajas são mesmo umas porcas, não são?


Sorry, Bock. È teu, sim senhor. Ficas com a glória das pachachas em Galego. Ora, eu já volto :-)


Cardina...?


Porra, o lola, imaginário o tanas, eu não pedi a ninguém que mo fizesse, mas calhou ter sido assim. e se queres saber, tem pouca graça.
tás a ver o que ás vezes custa conduzir e falar ao telemóvel????
Agora imagina o que será conduzir enquanto te fazem um bico!



E vocês, meninas, já algum gajo vos fez sexo oral em andamento? ahahahahahahah Pagava para ver...


Cardina = bebedeira...

Fodaçe!



A mim não.
Deve ser só lá para vigésima lição...



AHAHAHAHA!!!!!!!!!


E uma punheta de mamas num descapotável com ela ao volante a acelarar e a desacelar, acelarar e a desacelar!


Aahahahaha vaginita, mas olha que tem de ser durante a ultrapassagem do Tir, se não tens de comprar mais umas quantas lições.


Acela-mos!

VD: triplo ahahahahah!!!!!!!!!!!!!!

Foda-se, Lola, mas tu andas onde, pazinha? Tou a ver que há muita interacção a fazer contigo, mElher.



Nunca mais andas à boleia comigo, ó Cocas.

Se bem me lembro, tu é que escolheste atrás quando eu, inocentemente, te perguntei Como é?.

E eu só tava a perguntar se queriam ir a mais algum sítio, depois de o Incógnito ter fechado.



Hã?


Lola, nem me fale,nem me fales.É que NEM ME FALES.


.



Foda-se!!!

Já preciso de férias outra vez!




*Um bico também que não ia nada mal agora, diga-se de passagem.



Fin0, pá, tu acelaras ou aceleras?

Nas mamas da Carla, claro.



E no momento do esguicho acelera a fundo e ultrapassa sete tires.


Mas o que vem a ser isto, caralho?

Já não se pode confiar em ninguém, caralho?

Tu não disseste que não vinhas cá hoje, caralho?


:D



Eu cá acelero, mas ela acelabramo! (O que é que isto quererá dizer?)


Esguicho? AHAHAHAHAHAH!!


finO, sem esguicho, pá, essa merda só se faz com gajas que engulam.


AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAH


chOURAS: tu não te amofines, pá!
não me digas que t'ofendeste!
Se for o caso, sugiro que te vás queixar para o Ministro.



ó chOURAS, conta aí o que andas a fazer, de "marcha-atrás", em ruas de "sentido único", às tantas da manhã...


Ele não andou de marcha atrás, caralho!
eu não disse que ele andou de marcha atrás, ministro!

Tão armados em ministras de sabão, é?



acho extraordinario estarem aqui a teclar sobre bicos em automoveis quando certamente a maioria dos comentadores andam de transportes publicos.


Foda-se, pá! Punheta de mamas sem esguichadela nos queixos! Ó fpmê!!


O OURIço fugia do Boc e ia atrás do Varreta.


FPM e fininh0, vocês têm mesmo de se conhecer um ao outro, cacete!

Nababo: que raio de juízos de valor mais absurdos são esses? És mesmo imbecil, caralho.

Olha no Inverno, um bico no 28, ali entre os prazeres e a estrela? Ou entre S. Vicente e a Cerca Moua, com punheta de mamas na rua das Escolas Gerais, que é estreitinha?

Olé!



"NÃO DÊEM DE COMER AO ANIMAL"


Bocky: posso ser imbecil aos teus olhos mas sou feliz....que mais posso pedir?


finO, tu vais ser o meu caddy, em Belas, pá! E vais-me fazer um bico em andamento, no buggy, AAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!


E uma foda no 1º andar do último 44 pra Cabo Ruivo. (Isto no tempo em que os autocarros tinham 2 andares.)


(ahahahahahahahahah - como vai Sr. contente? Como vai Sr. Feliz? Diga à gente, diga à gente, como vai este país, tarirariraram lai lai)


Não percebi, finO, queres ser encavado por um ruivo? xxiiiiiii...


Puet!


Bockinhas, mal sabes tu que eu vivi 34 anos mesmo no meio desse triângulo: S. Vicente-Escolas Gerais-Portas do Sol.


Bem, vou indo! (Alguém pisou merda? De repente ficou um cheiro estranho...)

Inté!



Caddy! No buggy! Em Belas! Mas és alguma gaja boa? Espera aí que já cagas!


que piada tens fpm andares sempre a "arrotar postas de pescada" com as tuas cenas do golfe, quando nem dinheiro tens para comprares uns Mizuno....

tens a mania que o golfe é um jogo de elites?

nem deves conseguir tirar uma bola da areia ali no buraco 8 em Espinho.



Fpm, vai pó caralho, não tenho tempo para ti agora. Estou aqui com um poema pó Nabo:


ZÉ Nabo e o Burro

Vai o Zé Nabo andante
No burro preto montado;
Bom asno, mas inconstante,
Lá vai o Nabo enganado.

O burro teima em parar,
Coisa que o Nabo não quer;
Não vai o Zé desmontar
Se o burro assim não fizer.



Foda-se.

Eu não amofin0, caralho!

Quem ama o fin0 és tu, panão.



Belo, Menalho.
Que maravilha.
E teve-se bem nesses 34 anos?
De certeza que sim.
Eu também passei muito por lá, andei uns tempos numa certa escola que fica ali à Rua de Santiago.
Arqueia-mos.


Até amanhã, FPM.

Nababo: se fosses só imbecil aos meus olhos era um regalo. É com nenhum pesar que te informo que é capaz de haver mais algumas pessoas que partilham da minha opinião. Mas isso não interessa, porque já te dei um amendoim e depois não te clas. Vai-te lá foder, sff.

fin0: essa do 44 tem que se lhe diga: tás mesmo a ficar cota, Ministro!



ahahahaha, chOURIÇO do Ministro!!!!!!!


ahahahah, Ouve, broche, por acaso tenho uns Mizuno MX-20, e por acaso até tos metia, todos, no cu, se prometesses não chatear mais.
Podes considerar esta como a última vez que te dirijo a palavra, para não ter, MESMO, que te procurar para te foder a puta da tromba, ok?



vvvrrrruuuuuVVVRRRUUUU.... iiiiiii.....tcchchch..

PÉPÉÉÉÉ......

Boa tarde!!!

A mim, ninguém me faz bicos enquanto conduzo! A mim, ninguém me faz punhetas de mamas enquanto conduzo! A atenção de quem anda a mais de 200 à hora não pode ser perturbada com essas minudências! A mim, ninguém me cala! Já o meu avô foi enforcado na praça...(Chega)

Boa tarde.

VVRRRUUUUMMMMMMvvvrrruuummmmm..uummmm..

:)



AHAHAHAHAAH, ganda g2, o gandalf da Lezíria!!!!

Tu não dês de comer ao imbecil, FPM.

e posto istop, vou-me.

até amanhã!



13 bacoros online...

é só eu entrar e isto dispara!



Então?! Está a blogamerda entupida outra vez?

Boa noite.



Olha... Entupida não está!

Então vou-me também embora, deixo o barrascal livre.

Aproveita, porco, rebola-te agora na tua lama, estás à vontade! E prepara-te para levares no toutiço!



Adivinhem o que aprendi a fazer hoje:


...Marcha-atrás!



VD!!! Sua marota... Aprendeu a fazer marcha-atrás, só agora, hem! aiaiai...

Boa noite, ó marchista!



Regressado dos Açores, posso dizê-lo com toda a legitimidade: puta que pariu os alentejanos.


Boa noite.



Papa, tu tás doudo, ou quê?!

Tem cuidado... Apesar dos alentejanos não serem transmontanos, tu tem, apesar disso, muito cuidado...



Os transmontanos são uns grandessíssimos executantes de marcha-atrás, essa é que é essa.

Sempre achei que a VD tinha qualquer coisa de transmontana...



Papa, atendendo a que vieste dos Açores desculpo-te.
Deves ter comido lá desses bicharocos que apanham no mar e é sabido que o mar dos Açores está cheio de droga. Além disso, nos Açores há rabetas "pa caralho" e tu, rabeta que já eras, mais rabeta ficaste.
Resumindo, estás desculpado!

Boa noite.



Curioso é o facto de não saberes que os 'bicharocos' se chamam cracas.
Já no que há paneleiragem diz respeito, pareces muito bem informado. Foi lá que fizeste a tua primeira marcha-atrás antes de ir para Trás-(d)os-Montes, presumo.


Até amanhã.



Boa noitem Papa-Craca.

Dorme bem!

:)



Ó Papa, tu desculpa lá, mas no que à paneleiragem diz respeito, não sei dizer nada. O que sei é de ouvir dizer.

g2, com estilo fodosofal



Sempr atento, Mimito :)

....

Estou a pensar vir de férias só para não perder nadinha do que por aqui se aprende!
Foda-se!

Beijinhos, abracinhos e outros abichanamentos :D



Ahhhhh....

Ó Zezusco, saber do sobrinho por 3ºs não te fica nada bem. :o)

Vou ali lavar as vistas, e não volto :)



Tenho dificuldade em me pronunciar sobre este assunto.
Informação a mais, mesmo sendo para as audiências, mesmo sendo sensacionalista, mesmo sendo chocante, é coisa que me custa criticar. Já a informação de menos, aquela que é filtrada, mesmo que honestamente, dá-me calafrios. Apesar de te entender,Mimo, não consigo ter uma posição coerente sobre este assunto.





<< Voltar ao repasto.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?